Paciente era uma mulher de 91 anos que estava na UTI.

Prefeito Nelson Marchezan Júnior postou o caso nas redes sociais nesta madrugada, mas ainda não foi oficializado pela Secretaria Estadual da Saúde.

Primeira morte por coronavírus no RS é confirmada; idosa de 91 anos estava internada A Prefeitura de Porto Alegre confirmou a primeira morte por coronavírus na Capital e no Rio Grande do Sul.

O prefeito Nelson Marchezan Jr.

divulgou a informação na madrugada desta quarta-feira (25).

O caso ainda não foi oficializado pela Secretaria Estadual da Saúde. A vítima é uma mulher de 91 anos que estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Moinhos de Vento.

MAPA DO CORONAVÍRUS: cidades com infectados e o avanço dos casos CORONAVÍRUS NO MUNDO: confirmado 1° caso próximo a campo de refugiados em Banglasdesh Até a noite de terça, eram mais de 2,2 mil casos confirmados em todo o Brasil, e 47 mortes.

A maioria em São Paulo e Rio de Janeiro, além de uma investigada no Amazonas, que não entrou no último boletim do Ministério da Saúde. Marchezan afirmou que "chegamos a um triste patamar".

"Deveríamos começar a contabilizar a contaminação do vírus pelo número de pessoas na UTI.

Tinham nove confirmadas e 26 com suspeitas.

A partir de hoje, temos o primeiro óbito, que é mais um número que passa a fazer parte do nosso acompanhamento”, relata o prefeito. Pela contabilização da Secretaria Estadual de Saúde, Porto Alegre tem 47 casos confirmados.

Já a Secretaria Municipal de Porto Alegre informa um número maior – 81 casos. Na última atualização da Secretaria Estaduald a Saúde, feita na terça-feira (24), haviam 112 casos confirmados no estado, e nenhuma morte.

Trinta e cinco cidades já têm registro da doença. “Que a tristeza dessa primeira morte e tristeza da família dessas pessoas que estão na UTI sirva de referência para que os porto-alegrenses sigam de forma mais firme e com mais convicção a orientação do isolamento, principalmente daquelas pessoas com mais de 60 anos”, concluiu o prefeito. Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença Foto: Infografia/G1 Initial plugin text