Gerson voltou para casa no dia do aniversário de 47 anos.

Bombeiro internado após combate a incêndio recebe alta e é aplaudido em hospital, na PB TV Paraíba/Reprodução Lidar com situações de perigo faz parte da rotina do bombeiro Gerson Pegado, de 47 anos.

Enquanto combatia um incêndio em janeiro deste ano no município de Mari, na Mata paraibana, ele ficou ferido e precisou ser hospitalizado após inalar fumaça.

Depois de mais de um mês internado, funcionários do hospital formaram um corredor para homenagear com aplausos a alta médica do agente.

Gerson passou 35 dias internado e 20 dias em estado de coma no Hospital Edson Ramalho.

Lutou pela vida com apenas 20% da capacidade dos pulmões que foram intoxicados e contra a estatística de 25% de chance de sobrevivência. Ele recebeu alta na segunda-feira (17) e voltou para a casa onde mora com a família em São Sebastião de Lagoa de Roça, no Agreste do estado, nesta terça-feira (18), no dia do aniversário, após mais de um mês de internação.

Carmem Lúcia Pegado, companheira do bombeiro, acredita que ele recebeu uma mãozinha para se recuperar. “Toda a nossa cidade se disponibilizou a orar pela vida dele.

Foi uma corrente de oração em todos os locais”, pontuou.

A experiência que não foi tão boa no início, se transformou em uma história de superação para Gerson.

“Foi uma coisa que fica pra história [dele].

Não sei o motivo.

Eu só posso admitir e crer que é Deus na minha vida”, declarou.

Bombeiro que ficou gravemente ferido é liberado no dia do aniversário