Encontros com fiéis estava liberado com a presença de até 30 pessoas.

Reunião extraordinária ocorreu nesta quinta-feira (25).

Medidas valem a partir da próxima segunda-feira (29); saiba mais.

Sede da Prefeitura de Juiz de Fora Prefeitura de Juiz de Fora/Divulgação A partir da próxima segunda-feira (30), está proibida em Juiz de Fora a realização de celebrações religiosas com a presença de fiéis.

Um novo decreto da Prefeitura, que será publicado nos próximos dias, também limitará o horário de funcionamento de restaurantes e o consumo de bebidas alcoólicas em padarias e lanchonetes. De acordo com gerente de imprensa da Prefeitura, Zilvan Manoel Dias Martins, as medidas foram definidas durante uma reunião extraordinária do Comitê Municipal de Enfrentamento e Prevenção à Covid-19 realizada na noite desta quinta-feira (25). A realização de cultos e missas tinha sido permitida no último dia 12 de junho, com a presença de até 30 pessoas.

Segundo Zilvan, um novo decreto com as medidas será elaborado e publicado no fim de semana. A Prefeitura irá informar a Arquidiocese sobre a decisão do Comitê.

O G1 enviou um e-mail para a Arquidiocese de Juiz de Fora sobre o assunto e aguarda retorno.

Restaurantes O Comitê decidiu durante a reunião que restaurantes só poderão funcionar de segunda a sexta-feira, das 11h às 15h, desde que respeitem as regras de distanciamento de 2m entre as mesas.

Desde o dia 13 de junho, está proibida a abertura de bares na cidade.

Nos sábados, domingos e feriados, estes estabelecimentos só poderão funcionar no esquema de delivery ou retirada do alimento pronto no local.

O consumo dentro do restaurante nesses dias não está autorizado.

Foi determinada ainda a suspensão das autorizações da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaur) para colocação de mesas e cadeiras do lado de fora de estabelecimentos.

Bebidas alcoólicas O Comitê decidiu que está proibido o consumo de bebidas alcoólicas dentro de padarias e lanchonetes.

A venda destes produtos continua liberada, mas o consumo não pode ser feito no local. Passe Livre Durante a reunião, o Comitê discutiu ainda a possibilidade de retirar a gratuidade do Passe Livre para idosos com mais de 65 anos depois das 13h.

Atualmente, o valor do transporte para idosos não é cobrado entre 7h e 13h.

A medida não foi aprovada pelos membros, pois consideraram ser necessário um estudo jurídico se essa decisão poderá ser adotada.

Segundo Zilvan, o assunto será estudado e discutido novamente durante a reunião do Comitê da próxima terça-feira (30). Fiscalização As ações de fiscalização foram abordadas durante a reunião e as mesmas serão intensificadas, agora com o apoio da Polícia Militar (PM).

Zilvan afirmou que as equipes de fiscalização, que contam com fiscais da Semaur, guardas municipais, agentes de trânsito e PM, realizam ações mais intensivas na cidade a partir desta quinta. Foi pedido à PM durante a reunião que ações educativas e de conscientização sejam realizadas em academias ao ar livre, locais onde está sendo registrado considerável número de pessoas.

Em nota enviada à imprensa nesta tarde, a PM informou que “intensificou os trabalhos, atuando de forma preventiva e de orientação quanto à obrigatoriedade do uso máscaras de proteção e respeito às medidas sanitárias e de distanciamento social, para se evitar aglomerações, cumprindo as normativas em vigor”.