Suspeitos foram flagrados no interior do Parque Estadual Restinga de Bertioga, SP, consumindo carne de saruê e palmito coletados na área de mata.

Trio foi flagrado em abrigo improvisado no interior de parque ambiental em Bertioga, SP Divulgação Funcionários do Parque Estadual Restinga de Bertioga (Perb), no litoral de São Paulo, flagram três homem consumindo um saruê, caçado na área de conservação ambiental do parque.

Além do animal, os suspeitos também cortaram palmitos ilegalmente na área de mata e responderão por crime ambiental.

Conforme apurado pelo G1 nesta sexta-feira (29), o caso aconteceu no interior do Perb.

Durante um patrulhamento, os guardas florestais identificaram, na área de mata, uma cabana de madeira, improvisada pelo trio.

Dentro da moradia, os guardas encontraram os suspeitos, um homem de 36, outro de 40 e o terceiro de 41 anos, consumindo, além da carne de saruê, salada de palmito.

Após o flagrante, o trio confessou que havia coletado os alimentos dentro do próprio parque ambiental.

Os suspeitos relataram, também, que estavam ilegalmente no parque desde a tarde de terça-feira (26).

O acesso ao Perb, no entanto, só é realizado mediante agendamento e feito em trilhas da área de proteção ambiental.

Com o trio, os vigilantes apreenderam dois facões.

Detido, o trio foi encaminhado à Delegacia de Polícia Sede de Bertioga, onde o caso foi registrado.

Após a assinatura de um termo circunstanciado, os suspeitos foram liberados.

Os crimes foram encaminhados ao Juizado Especial Criminal (Jecrim), onde permanecem sendo apurados.

Trio foi flagrado consumindo palmito e carne de saruê coletados de área ambiental de Bertioga, SP Divulgação